Profissões em alta: veja quais são as áreas mais promissoras

Escolher uma carreira é uma tarefa difícil, principalmente porque precisamos fazê-la antes de conhecer de verdade o mercado de trabalho. Além disso, essa decisão deve ser tomada em um momento no qual os jovens estão estudando bastante, preocupados com o vestibular.

Para além das suas aspirações pessoais, você deve levar em conta as oportunidades que cada carreira pode oferecer ao seu desenvolvimento profissional e quais serão as profissões em alta quando você estiver pronto para trabalhar.

Também é preciso pensar em qual é o caminho que lhe proporcionará uma formação sólida para enfrentar os desafios da sua carreira.

Para ajudá-lo nessa decisão, trouxemos no post de hoje uma lista com as profissões em alta nas áreas de saúde, engenharia, educação, tecnologia e gestão. Para cada uma delas você saberá quais são as carreiras mais promissoras e como se preparar para elas. Confira!

1. Saúde

De uns anos para cá tem sido cada vez mais comum que as pessoas levem a sério o cuidado com a saúde mental e, por conta disso, terapeutas, psicanalistas, psiquiatras e psicólogos têm se tornado parte da vida de muita gente.

Uma boa forma de ingressar nessa área é por meio do curso de Psicologia — com exceção do caso da Psiquiatria, que é uma especialização da Medicina —, cuja grade curricular envolve disciplinas sobre anatomia e fisiologia do cérebro, patologias e sobre as diversas interseções entre comportamento humano e instituições sociais — como escola, trabalho, família etc.

Além das profissões que já citamos, um bacharel em Psicologia também pode atuar com psicopedagogia, recursos humanos, terapia de casal, psicologia jurídica etc.

O psicólogo é, antes de tudo, um ouvinte atento. Ele precisa ser capaz de observar os detalhes dos relatos dos pacientes para poder ajudá-los a se compreender e progredir no tratamento.

2. Engenharia

Como vivemos em um país muito urbanizado, ou seja, a grande maioria dos brasileiros vive nas cidades, e a população não para de aumentar, as nossas cidades também estão sempre crescendo — horizontal e verticalmente. Por conta disso, as profissões relacionadas à construção civil estão sempre em alta.

É o caso do engenheiro civil, responsável por projetar e acompanhar as construções de prédios, viadutos, esgotos etc. e atestar a segurança do projeto.

A única forma de se tornar um engenheiro civil é por meio do curso de Engenharia, no qual você aprenderá matemática avançada — cálculos, geometria analítica, álgebra linear etc. —, física, química e, em seguida, encontrará disciplinas mais aplicadas que as usarão como base: mecânica do solo, resistência dos materiais, estradas, barragens etc.

O profissional dessa área precisa, além de ser bom com números, ter uma boa capacidade de planejamento e ser um ótimo solucionador de problemas para encontrar respostas criativas e eficientes no seu dia a dia.

3. Educação

Geralmente quando se pensa na área de educação, vem logo à mente a imagem de uma sala de aula e de um professor munido de lousa, giz e saliva. Porém, ser um profissional versátil, capaz de atuar em diversos ambientes, é muito importante hoje em dia e quem faz isso muito bem é o profissional das Letras.

Mesmo que seja um curso de licenciatura, esse profissional tem à sua frente uma gama de oportunidades de trabalho que incluem, além da sala de aula, tradução, edição de livros, consultoria literária e revisão de textos, por exemplo.

Caso deseje ficar na escola, você terá a vantagem de ser responsável por uma disciplina com uma grande quantidade de aulas e diversidade de conteúdos — o que permitirá que você acompanhe os seus alunos mais de perto e trabalhe temas transversais em sala.

No curso de graduação — fundamental para ingressar nas escolas, mas também de grande ajuda para as outras possibilidades de trabalho —, você vai aprender sobre gramática, historiografia literária, fundamentos da linguística e também terá a oportunidade de praticar seus conhecimentos na escola sob a supervisão de um professor qualificado.

Ainda que se forme como educador — e isso pressuponha características como paciência, proatividade e boa comunicação —, o grande trunfo de um profissional das Letras é ter uma boa capacidade de reflexão sobre a língua e outras linguagens. Alguma afinidade com línguas estrangeiras também é desejável. Essa é uma ótima opção caso você tenha facilidade com disciplinas da área de humanas.

4. Tecnologia

Em um mundo conectado como o nosso, não é de se espantar que as profissões relacionadas às tecnologias digitais estejam com tudo. Essa área apresenta um desenvolvimento irrefreável, transformando as profissões que abrange e criando novas a cada ano.

As soluções que os computadores oferecem para as empresas são capazes de tornar os processos mais organizados, rápidos e mesmo automáticos, poupando trabalho humano em tarefas repetitivas.

Em se tratando de softwares e programação, o curso de Tecnologia em Análise e Desenvolvimento de Sistemas é o primeiro passo perfeito para se lançar em todas essas novidades. O estudante aprenderá sobre a lógica dos algoritmos, o funcionamento do computador e das redes, linguagens de programação e métodos para calcular e aumentar a eficiência dos seus códigos.

Você não precisa ser nerd para seguir uma carreira na área, mas é fundamental que esteja atento às novidades da tecnologia e tenha um raciocínio lógico muito afiado.

5. Administração

De todas as áreas, a mais promissora é certamente a da Gestão. Em momentos de crise, como o que estamos passando agora, mais do que nunca os empresários precisam de bons administradores para manter suas empresas crescendo.

Essa área se destaca principalmente pela variedade de cargos que abrange, o dinamismo dos seus planos de carreira e a versatilidade do profissional. Há vários motivos para considerá-la no que toca a remuneração, as oportunidades nos setores público e privado e o crescimento pessoal inerente às profissões que engloba.

O curso de Administração é o responsável por prepará-lo para tudo isso. Nele, você encontrará tanto matérias de ciências humanas que dizem respeito ao direito, à sociologia e à psicologia organizacional, quanto disciplinas das exatas como matemática financeira, estatística e contabilidade. Além, é claro, de outras voltadas especificamente para a área, como gestão de marketing, da qualidade e de processos.

A matriz curricular é organizada dessa forma, pois você, na sua rotina como administrador, terá que lidar bem tanto com números quanto com pessoas e elaborar estratégias para tornar os processos dentro da empresa mais eficientes. Para isso, você precisará articular as condições materiais da empresa — capital, maquinário, estrutura física etc — com o talento da sua equipe de forma criativa.

O gestor é, por definição, um líder e, por isso, precisa saber equilibrar a vontade de bater metas com sensibilidade para permitir que seus colaboradores possam contribuir com o melhor de si para o crescimento da empresa.

Gostou do post de hoje? Aposto que agora você tem bastante coisa para pesquisar sobre as profissões em alta, não é? Siga a gente nas redes sociais — Facebook, YouTube, Instagram e LinkedIn — para não perder nossos posts e ficar por dentro de outras dicas como essas!

Deixe um comentário