Como obter sucesso profissional estudando em casa?

O ensino a distância vem ganhando cada vez mais adeptos no Brasil. O motivo do crescimento não é um mistério, já que a modalidade oferece grande flexibilidade, além da possibilidade de conciliar estudos e emprego com maior facilidade. Por outro lado, o EAD costuma exigir disciplina do estudante, que não tem horários fixos para as aulas como acontece no sistema presencial. É aí que surge a dúvida: mas como ter um bom rendimento estudando em casa?

Ter sucesso na educação a distância requer organização. Adotando alguns hábitos e atitudes, é possível tirar o máximo de proveito do seu tempo e fazer com que seu desempenho seja incrível. Quer saber como? Então confira!

Crie uma rotina

Esse é o primeiro passo para otimizar suas horas de estudo. Aproveitar a liberdade do EAD para acessar o material só quando “sobra tempo” ou cada dia em um horário diferente é um grande erro.

Procure fazer um planejamento dos seus compromissos. A partir daí, escolha um horário de sua preferência e estabeleça esse momento como a hora de estudar, como se estivesse de fato em sala de aula. Fazendo isso, você criará uma rotina para seu cérebro e corpo. Com o tempo, o ato de acessar suas aulas nesse período do dia já será tão natural que até sua concentração vai melhorar.

Estude sempre no mesmo lugar

Eleger um ambiente para o estudo também ajuda no desempenho e na criação do hábito. Além do mais, um lugar que tenha tudo o que precisa — computador, caderno com as anotações e todo o seu material — evita que você tenha que se deslocar sempre que precisar pegar algo.

Seu cantinho de estudos pode ser simples, basta uma mesa em algum cômodo da casa. O mais importante é que seja em um local bem iluminado, onde se sinta confortável e produtivo. E, por favor, evite ao máximo estudar na cama, hein?

Resista às distrações

O aluno que está estudando em casa precisa enfrentar uma verdadeira batalha contra as distrações. Isso porque o ambiente é cercado de tudo aquilo que pode roubar sua atenção: televisão, celular, internet, videogame e tantas outras tentações.

A gente sabe o quanto uma “olhadinha” naquela mensagem que apareceu no WhatsApp ou uma espiada nas novidades do Facebook podem se tornar horas e horas de procrastinação, não é? Então, nada de se enganar! Na hora do estudo, vale usar todas as artimanhas que puder para resistir e se manter concentrado.

Para isso, procure deixar seu celular longe da sua mesa e, se possível, em modo avião. Se precisa do computador para o aprendizado, mas a internet for um grande problema, não hesite em desligar o modem ou desconectar o Wi-Fi. Com relação à TV, nada de tentar estudar com ela ligada, ok? Pode parecer difícil no começo, mas tudo isso fará um bem danado ao seu rendimento!

Converse com a família

Assim como as distrações, interrupções também são inimigas de um estudo eficaz. É complicado retomar a concentração depois de ter sido chamado por alguém bem na hora em que estava fazendo aquela leitura importante ou resolvendo uma questão difícil.

Se você não morar sozinho, tenha uma conversa franca com os familiares, companheiros ou quem divide a casa com você. Deixe-os informados sobre seu ensino a distância e sua rotina, explicando que naquele determinado período você precisa se dedicar inteiramente aos estudos. Fazendo isso, você não só evita as interrupções, como também possíveis desentendimentos.

Trace metas diárias

Umas das coisas fundamentais para manter o estudo em dia é estar motivado. Para dar um gás na motivação, uma boa ideia é traçar metas diárias. Crie um cronograma das suas atividades e estabeleça aquilo que quer realizar no dia. Assistir x aulas, ler x capítulos, resolver x questões, por exemplo.

Fazendo isso, você vai se esforçar para atingir suas metas e sentirá um grande prazer ao conseguir cumpri-las, aumentando a produtividade. Mas atenção: para que a atitude não tenha um efeito contrário, procure definir metas realistas. Se elas forem grandes demais e impossíveis de serem cumpridas a tempo, pode ser que se sinta mal e desmotivado por não conseguir.

Faça pausas regulares

Pausas melhoram a apreensão do conhecimento. Além disso, elas são boas por ajudar a relaxar um pouco — assim dá para voltar aos estudos com ainda mais disposição. Lembre que até mesmo na modalidade presencial existem os momentos de intervalo, então não se obrigue a estudar por horas e horas sem fazer uma parada.

Experimente ter pausas de 10 minutos a cada 40 ou 50 minutos estudando. Nesse tempo, aproveite para beber água, dar uma volta pela casa, esticar o corpo, meditar, assimilar o que aprendeu, qualquer coisa que faça seu cérebro descansar sem, no entanto, se distrair completamente. Ah, e continue longe do celular durante esses preciosos minutos, combinado?

Invista no aprendizado concreto

Estudando em casa, pode ser mais complicado ter a certeza de que está assimilando ou não determinados assuntos. Confira se está aprendendo de fato o conteúdo e não apenas assistindo ou lendo as aulas mecanicamente.

Uma ótima dica é fazer, no fim de cada dia de estudo, um resumo de toda a matéria que você viu. Ele pode ser escrito — e aí também funcionará como um bom material de consulta no futuro — ou falado. Nesse último caso, explique o que aprendeu em voz alta, como se estivesse ensinando alguém. Se quiser, pode até gravar para ter acesso sempre que precisar.

Outro passo fundamental é tirar dúvidas com os professores dos seus cursos online e participar de fóruns com outros alunos de EAD.

Deu para perceber que estudando em casa é possível garantir um ótimo desempenho, não é mesmo? Aplicando essas sugestões no seu dia a dia, a certeza é de que você fará grande uso de todas as ferramentas que a educação a distância tem a oferecer. O resultado disso? Um ensino eficiente e tranquilo que refletirá no seu sucesso profissional. Bom estudo!

Gostou desse post e já está pensando em aplicar as dicas? Como é sua rotina estudando em casa? Conte pra gente nos comentários!

 

Deixe um comentário